/
Caminho do Xisto da Foz do Cobrão
Foz do Cobrão (Ponto de Partida)
Ponto a visitar
 
Caminho do Xisto da Foz do Cobrão, Foz do Cobrão (Ponto de Partida)
A primeira parte deste percurso pela Serra das Talhadas segue junto às margens do rio Ocreza, com vista sobre o vale encaixado, num caminho de pé posto junto a grandes penhascos quartzíticos, depósitos de vertente com centenas de metros de extensão, passando pelas Portas de Almourão, um dos 16 geomonumentos do Geopark Naturtejo. Ao longo do percurso surgem alguns desníveis a vencer, o que é compensado com uma paisagem deslumbrante. A Foz do Cobrão é uma aldeia que já foi oceano onde podemos observar rochas com cerca de 500 milhões de anos marcadas pela ondulação e pelos fósseis de um oceano que já não existe. Na aldeia o xisto e o quartzito são os materiais dominantes nas casas, nos muros, nos socalcos das oliveiras que se estendem pelas encostas escarpadas. As conheiras resultantes da exploração de ouro nas aluviões do Rio Ocreza desde a época dos romanos estendem-se em ambas as margens do Ocreza, entre Foz do Cobrão e Sobral Fernando, fazendo de cenário à tradicional actividade de garimpo do ouro.
Características