/
Museu do Volfrâmio de Cerva
Cerva, Ribeira de Pena
Ponto a visitar
 
Museu do Volfrâmio de Cerva, Cerva, Ribeira de Pena
A exploração mineira foi, ao longo de séculos, uma atividade importante no seio do território que hoje compõe o concelho de Ribeira de Pena. Várias minas de estanho evidenciam a extração deste metal desde os povos da Antiguidade. Mas é a extração de volfrâmio que, no início do século XX, conhece aqui especial incremento com a instalação das sociedades de exploração em Padroselos, na freguesia de Santa Marinha, e principalmente no Couto Mineiro de Adoria, na freguesia de Cerva e Limões. Com elas veio a transformação da paisagem, da economia, dos hábitos de consumo, que hoje encontram eco nas memórias da comunidade e nas ruínas das estruturas mineiras.
O Museu do Volfrâmio está instalado no antigo edifício da Casa do Povo de Cerva e apresenta-se como um polo de interpretação da história associada à época áurea do volfrâmio, cuja memória se encontra profundamente enraizada na memória local. Reúne uma coleção de património material e imaterial que permite ao visitante percorrer evolução da terra e a relação do homem com os minerais, para depois conhecer em particular o volfrâmio, compreender as mudanças que trouxe para a sociedade e conhecer a história e as memórias que lhe estão associadas, estabelecendo-se como ponto de ligação ao Couto Mineiro de Adoria.
Características