/
Museu Geológico
Lisboa
Ponto a visitar
 
Museu Geológico, Lisboa
O Museu Geológico começou a constituir-se por volta de 1859, a partir dos exemplares recolhidos nos trabalhos das Comissões Geológicas e, mais tarde, dos Serviços Geológicos de Portugal e do Instituto Geológico e Mineiro. A recolha dessas amostras (fósseis, rochas, minerais e objectos arqueológicos), deve-se em boa parte, aos pioneiros da Geologia portuguesa: Carlos Ribeiro, Nery Delgado, Pereira da Costa, Paul Choffat entre outros. Essas amostras constituem, hoje, colecções de referência ao serviço da comunidade científica, sendo constantemente consultadas por investigadores nacionais e estrangeiros. Situa-se, assim, no local onde nasceram a Geologia e a Arqueologia portuguesas, o que lhe confere um valor ímpar no contexto da História da Ciência nacional. A disposição das colecções, o seu mobiliário expositivo e a arquitectura interior reflectem, em muito, o tipo de museologia do séc. XIX, de que já restam poucos na Europa, o que o faz ser considerado, pelos especialistas, como um "Museu dos Museus". Mantendo essas características, tem-se procurado, actualizar a exposição e melhorar os seus aspectos pedagógicos, tendo em vista, também, os alunos das escolas e o público não-especialista.
Características