/
Vale glaciário de Alforfa (Geossítio)
Covilhã
Ponto a visitar
 
Vale glaciário de Alforfa (Geossítio), Covilhã
Este vale glaciário, controlado pela falha que se estende de Bragança a Unhais da Serra, ilustra as principais características de uma glaciação de vale, com bacias de sobreexcavação e ferrolhos glaciários, depósitos morénicos ilustrando diferentes fases da recessão glaciária, afloramentos de till, bem como depósitos periglaciários. É um dos vales da Estrela com uma dinâmica de vertentes atual mais ativa, em particular na vertente do Piornal, com escoadas de detritos. No máximo da última glaciação, o glaciar de Alforfa atingiu um comprimento de 5,8 km e uma espessura de 240 metros de gelo. Comparado com outros glaciares da Estrela, este era relativamente pequeno e tinha apenas cerca de 7% de todo o volume de gelo da montanha. Isso deveu-se à pequena área da sua bacia glaciária, mas também à exposição soalheira, que terá facilitado a fusão durante a estação quente.
Características